On:
On that rainy day, you and I... The moment we didn’t say a word, only awkward silence flowed between us as it pushed us apart. With cold faces, now you and I will we be able to go back? I still long for even that last moment I’m still like that... Into the falling rain... Into my tears.
B'Days!
Best Taggies
Best blogs!
ALL

1 de mar de 2016

Oshiete! Galko-Chan!

 Dal Tina chegando!
 Chorando ácido com os preços dos ovos de Páscoa...
  Icon by: xloliconsx;
 ...
 Tumblr;
 Chocolate;

Olá coelhos cibernéticos, todos bem? Eu espero que sim! Mês da Páscoa está aqui, finalmente! Quanto tempo, mas, desta vez foi menos, hm? Eu ando com tanta preguiça que nem me aguento de pé, talvez minha anemia esteja querendo voltar, ou talvez sejam os sinais da idade! Vai saber... Enfim, como estão indo na escola? Espero que estejam em boas turmas, pelo menos tentem conviver de forma amigável! XD

Resolvi falar mais sobre os animes que ando assistindo, os que desisti de assistir e os que já concluí. Não liguem, eu apenas gosto de tagarelar sobre diversas coisas. A recomendação de hoje é a coisa mais non-sense que vocês vão ver por aqui, ou não... Trata-se de um novo e curtíssimo anime que fez sua estréia em janeiro deste ano: Oshiete! Galko-Chan!


Oshiete! Galko-Chan, é um anime seinen, ou seja, ele é voltado ao público masculino! Eu encontrei ao acaso pelo Tumblr e resolvi espiar o primeiro episódio, não sei vocês, mas achei hilário. A história de gênero comédia e vida escolar gira em torno de Galko, ou melhor, dos peitos sobrenaturais dela. Antes de mais nada, eu não aconselho o anime para menores de 16 anos, sei lá, rolam várias piadinhas sexuais dentro do anime, tem gente que não curte o tema, né? Já se sente grande o suficiente para tal porte? Vá em frente! Caso queira preservar sua inocência, assista de olhos fechados, desista e vá ler um livro! 

Ficha:


  • Nome: Oshiete! Galko-Chan!
  • Data de lançamento: 8/1/16;
  • Número de eps: 12;
  • Gênero: Seinen, vida escolar, comédia, putaria;



A pergunta que não quer calar, o que eu, uma moçoila delicada ~cof, cof, cof~ estou assistindo um anime dedicado ao público masculino? Apesar de ter piadinhas ridículas e peitos a cada dois minutos, é algo bem curioso e divertido. Encontrei alguns screencaps do anime no tumblr e achei o "character design" muito bonitinho, resolvi pesquisar e aqui estamos. Eu sou curiosa. Screw the rules I have a problem!

A origem:



Originalmente, a série era postada via Twitter do autor, Kenya Suzuki, mais tarde a tão aguardada adaptação para o mangá chegou, assim a popularidade de Galko-Chan cresceu. CosmicWalker ficou responsável pela publicação do mangá desde 2014, já a adaptação para a telinha só começou a ser real em Janeiro deste ano. O anime trata, basicamente, sobre as curiosidades masculinas sobre as mulheres e seu universo, tudo muito colorido e divertido. Os episódios duram, no máximo, oito minutos, por ai.

Personagens:

Apesar de existir uma gama de personagens, as únicas que devo citar são as que mais aparecem, ou seja as protagonistas dessa bagaça.

Galko: Uma Gyaru assumida. Muito popular entre os garotos por ser muito bonita e ter peitos realmente fartos. Aliás, seus peitos são o motivo da maioria das cenas divertidas. Galko é uma garota de língua afiada, porém de fácil convivência, enquanto os rapazes e todos da sala pensam o contrário por conta de sua personalidade impactante.

Santo Deus, Galko! HAUSHUEHAUSHA' 

Otaku: Pelo nome... Sem muitos comentários. A personagem é inteligente, tímida, um tanto fria e muito pervertida. Adora qualquer tipo de seriado, games e animes.  maioria as informações bizarras partem dela, sempre gerando zoações. Acabou se tornando amiga de Galko por acaso e se sente feliz por isso.


Ojo (Ojyo): A cabeça de ventos que se junta ao grupo, apesar de seu jeito de ser é uma garota muito gentil e amigável. É uma moça de família muito rica.  Ela se esforça muito para acompanhar os papos das amigas, mas acaba sendo alvo de zoações.



História:

Todos os episódios começam com perguntas bem retardadas sobre o universo feminino, como a lenda urbana de que garotas que usam calcinhas brancas são mais quietas do que as que usam as coloridas, coisa de povo japonês. Acredite, a bizarrice não acaba por aqui.  Piadinhas com tamanhos dos peitos, old but gold,  e até mesmo, a velha piada das cores dos lábios e as "partes de baixo", é sério, rola de tudo um pouco no universo de Galko-Chan. Curiosamente, tudo isso são dúvidas que os homens possuem sobre as mulheres, ou melhor, que as próprias mulheres tem em relação aos seus corpos. Dizem que o anime foi feito com a ideia de os caras conhecerem melhor o funcionamento do corpo de uma mulher e seu universo... Por outro lado, alguns dizem que o anime nada mais é do que uma critica bem humorada ao modo que as japonesas tratam seus corpos, com medo, nojo e até desprezo. O modo como o corpo feminino é tratado ao redor do mundo é espantoso!!

O que titia Usako acha:

As feministas podem chorar, mas eu amei a ideia do anime. Haters gonna hate! Eu não vejo nada de ofensivo, só vejo as verdades sobre o que as mulheres fazem e como os caras imaginam que elas fazem, é uma ideia bem divertida. Acho engraçado que, quando se mistura sexo (ou sexualidade e os órgãos sexuais) em algo, todo mundo acha nojento, indevido, impuro e blá, blá, blá... Acontece que, o dito cujo, é mais presente em nossas vidas do que bactérias, né nom? Quem não fez, um dia vai fazer, e, as dúvidas são normais em qualquer individuo. Isso o anime deixa muito claro, até por que, as garotas mostram as dúvidas que homens e as próprias mulheres possuem!! XD
Nada como pegar os temas mais íntimos e temidos e transformá-los em um divertido anime. Não sei o motivo, mas vejo a maioria das dúvidas de uma forma tão idiota, é sério, eu jamais imaginaria que garotos pensassem desta forma. No Japão, as garotas tem muito medo de tocar no próprio corpo, para elas é um pecado, uma coisa impura, tanto que até a gravidez é um tabu!! Eu vejo o anime como uma indireta para a própria cultura que repreende os jovens em relação aos seus corpos e desejos. Acho que cada um interpreta o anime de uma forma diferente. Só não podemos negar do quão genial e educativo ele é! Sm. É educativo você não leu errado. Aposto que vocês não sabem quase nada do que é apresentado no universo de Galko e suas amigas. XD

Onde assistir: SuperAnimes / AniTube
Bring me Back to the Summer Storms with You and I...

2 comentários:

  1. haha hoje n sou mais muito chegada á animes porém achei que a origem parece ser legal e engraçadinho >.<
    você poderia dar uma passadinha no meu blog? e se gostar segue? já estou seguindo aquie u.u
    bjjs !
    http://fallingflowersofficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Usayuuuu <3
    Adorei o tema do anime e já que é curtinho, vou caçar pra ver. O character design é lindinho mesmo e parece ser tudo colorido! Sobre feministas chorarem, primeiro eu vou ver, depois te digo se chorei ou não, HAHAHA! Mas bom, pra quem adora a psicanálise, uma teoria pautada na sexualidade, acho que eu vou levar numa boa XD
    Agradeço a dica <3 e viu, se preguiça for da idade, estamos ambas muito velhas, choremos >:
    Beixos! :*

    ResponderExcluir

Layout feito por Roh A.Ramos | por favor não copie nada. Todos os direitos estão reservados © 2017.