Review: Disney Descendentes!

| |
 Em clima de Natal.
 Eu preciso de uma xícara de café!
  Icons by: Shalowater;
 Goddess - the GazettE;
 Ask.fm / Facebook;
 ...


Olá pessoinhas, olha eu aqui de novo! Dois dias sem postar, é hora de uma atualização. Tem um tempo que não postava reviews, tenho outros em rascunho, porém são musicais. A atualização de hoje é para quem gosta de filmes. Alguém já viu Descendentes? A estréia oficial do filme aconteceu no canal por assinatura, Disney Chanel, no dia 16/08. Se eu disser que estou com esse review pronto desde o dia de estréia, alguém acredita? Eu tentei usar toda a minha sinceridade neste review. Espero que não esteja muito pesado ou grosseiro. ~risos~

Descentes segue a linha de Ever After High, aquela linha (caríssima!) de bonecas e web-séries licenciada pela Mattel. Afinal, a Disney não poda deixar essa vibe passar. Refazer filmes é a nova aposta da terra mágica, vamos ver até onde isso vai nos levar. Pode ser divertido refazer os filmes e contar as histórias que já conhecemos em um ponto de vista diferente, basta não destruírem a história. Eu chorei com o resultado de Malévola, Disney precisa parar de beber. Agora, vamos ao filme!
Antes de mais nada: Essa é a minha opinião. Você pode ter adorado o filme, afinal de contas, todos temos gostos diferentes, certo?


Qual é a história?



Muitos anos se passam ao decorrer dos contos que conhecemos. O Rei Fera, comanda os "Estados Unidos de Auradon" (nossa, que chique! -sqn), agora liberto de sua maldição unifica os reinos, banindo todos os vilões. Uma ilha é criada e lá, estão os piores vilões de todos os tempos, a "Ilha dos Perdidos". Trancados e longe de toda civilização por conta de uma barreira mágica. Legal é Malévola ser poderosa e não conseguir quebrar uma simples barreira, hein?
Aqui começa a farra, temos a história dos filhos de nossos vilões favoritos: Mal (Dove Cameron), a filha de Malévola (Kristin Chenoweth), Evie (Sofia Carson), a filha da Rainha Má (Kathy Najimy), Jay (Booboo Stewart), o filho de Jafar (Maz Jobrani) e Carlos (Cameron Boyce), o filho de Cruella De Vil (Wendy Robinson). Tudo acontece quando Ben (Mitchell Hope) filho da Bela e a Fera, que está prestes a virar o rei (aos inexplicáveis 16 anos... Eu não entendi a politica do reino, ou a lógica da Disney! XD), decide que os filhos de seus inimigos não devem ser culpados por todos os crimes do passado, que meigo. Sendo assim, ao ganharem uma oportunidade de vingança, os pais "malvados" decidem mandar seus filhos em busca da varinha mágica da Fada Madrinha de Cinderela, para assim botarem ordem na porra toda.

Notem essas expressões... ~roncos~ 


O que a Titia Usagi achou do filme?

Pra mim, Descendentes é uma mistura de Ever After High e High School Musical. E eu achei ruim. A história em si possuí tantos pontos questionáveis que nem sei como começar. Acho melhor deixar essa parte em branco, ou não. Um fato curioso é que, se a história se passa depois dos "finais felizes", como raios os vilões podem estar vivos? Pelo que bem me recordo, a Rainha Má teve uma das mortes mais cruéis dos filmes Disney... Então tá né? Como eu citei anteriormente e que é impossível de não se notar. A história conta exatamente o que Ever After High nos enfia goela abaixo desde julho de 2013: Seguir seu próprio destino ou seguir os passos de seus pais e continuar o curso da história. ZzzZRONCzZZZzzbabei
Apesar da história meio clichê com atuação duvidosa, o filme é muito bonito visualmente. Eu gosto dos cenários, bem elaborados e em cores exuberantes. Os figurinos nos passam muito bem a personalidade de cada personagem, são muito caprichados, todos feitos por Kara Saun, quem lembra dela do Project Runway de 2005? A titia lembra! Agora vamos falar do mais importante: Roteiro... Ele é de se chorar. Não digo isso por ser emocionante, digo pois é ruim. The cry is free. Pior do que isso é saber que o filme ganhará uma continuação.

A atuação de todos os envolvidos é péssima, acho que, crianças de seis anos possuem mais expressões do que metade do elenco junto. A atuação é forçada e é chata, você percebe a barra sendo forçada para que tudo saia natural e carismático. Tudo bem, eu posso estar exagerando, afinal gosto pessoal é algo que não se discute. Para ser sincera, Dove Cameron foi a única que conseguiu cumprir um pouco do que se pedia para a personagem. Nem sei o que dizer sobre a filha de Mulan e a enjoativa filha da fada madrinha (que nunca lembro o nome das duas de tão flopadas que são), pra mim, as piores atuações saíram da parte de ambas. As atuações dos vilões são uma piada pronta, os diálogos são sem graça, a Malévola foi quem mais sofreu nesse filme, pelo amor de Deus, ela nem parece aquela elegante vilã que conheci. O interprete de Jafar até tentou entrosar a voz para que fosse o mais natural possível, porém... #Fail
Sim, eu assisti ao filme legendado e depois parti para a versão dublada exibida pela Disney. A dublagem nem fede e nem cheira. O lado bom é que não traduziram as músicas! ~palmas~
Eu sei que o filme é focado para criancinhas de seis anos, mas vamos combinar, isso extrapolou o senso do ridículo, se eu fosse princesa Disney, me demitia. Isso que ainda nem falei dos musicais e coreografias que rolam no filme. Melhor parte! ~ não ~

Outra coisa curiosa é... Quem são os papais dessas crianças rebeldes? Que tipo de homem se apaixonaria por Cruella De Vil? E quem raios se casaria com Jafar? E como uma senhora de idade, como a Fada Madrinha, pode ter gerado uma filha? Se todos puxarmos bem a memória, a Fada Madrinha de Cinderela é retratada como uma velha e gentil senhora de cabelos grisalhos. Senhoras de cabelos grisalhos não podem gerar filhos... O lado bom disso é que ninguém se importou em explicar, afinal de contas é um filme infantil e, as crianças, não dão a minima para esses detalhes. XD

Fada Madrinha e o "pavoroso" time de vilões.

Eu fiquei animada com a troca de etnia de alguns personagens, neste filme temos uma "Aurora" negra com uma filha morena, temos uma Cruella negra com um filho branco... Opa, como é? Eu me pergunto, onde raios foi parar a lógica? Fumaram algo enquanto escreviam esse roteiro e apontava fotinhas para escolher o elenco? Se querem colocar pessoas de várias etnias, ok, só mantenham a droga da lógica. Eu ainda não superei essa Malévola saltitante que lambe cetro, Disney. Não superei!!

Parem esse trem, eu quero descer!! 

Agora vamos falar de pontos positivos né? Sim, são poucos mas existem. É fofo ver os filhos dos vilões descobrindo coisas novas, Carlos tocando em um cachorro pela primeira vez e descobrindo o quão adoráveis são os bichos. Mal descobrindo sentimentos, todos se divertem em um mundo proibido enquanto enfrentam a luta para orgulhar os pais ou a si mesmos. Viva a magia dos filmes Disney. Sendo um filme do mundo mágico é quase óbvio que teremos muita música... Infelizmente. Tirando o fato do abuso de auto-tune que chega a estourar seus tímpanos, se bobear, pra mim, a única música que não merece aplausos, mas sim, Tocantins inteiro é "If Only" interpretada por Dove Cameron, o resto é de se chorar, viu? 


É aqui que entra o "High School Musical" feelings. É nesses momentos que eu percebo como era idiota, porém feliz, eu amava aquela tosqueira. Em Descendentes tem cantoria no beco, samba na mesa, cantoria no museu, cantoria no campo de futebol, em jardim mágico e até em festa de coroação... Chorei ácido na metade delas, principalmente na versão horrenda de "Be Our Guest" de a Bela e a Fera. Ainda não entendi a necessidade de modernizar um clássico com uma batida com som de locomotiva desgovernada. I CAN'T WITH THIS SHIT ANYMORE. 

Sobre esse filme, eu faço desse trecho de "If Only" as minhas palavras: "I can't decide what's wrong, what's right...". Agora fiquem com a canção que merece um selo de desaprovação da tia Usagi e entendam o motivo de eu estar rindo até 2070 desse filme. Tchau.

Com isso, a minha nota final para esse filme é cinco. Se você procura por um filme básico pré-adolescente, esse filme é para você. Agora, se você não tem saco para cantoria e drama, eu recomendo passar para o próximo filme Disney! ~risos~
E a nave da titia Usagi vai partindo agora. Até breve!

2 comentários:

  1. Sinceramente? Eu não assisti Descendentes, assim como não assisti nenhum filme novo da Disney, porque praticamente todos são ruins! Os atores não tem expressão, são robozinhos, a história tem buracos e é não é nada interessante, enfim... Sou muito mais os filmes antigos como Cinderela, Branca de Neve, Rei Leão... Eles sim tinham um roteiro decente que fazia sentido. Muitas pessoas desaprovam a atual Disney Channel, assim como eu também! Mas só de birra, eu vou assistir Descendentes na próxima vez que passar no canal da Disney, porque eu fiquei muito curiosa para ver a ruindade desse filme. É isso, titia Sakura dá tchau <3
    mikicandy

    ResponderExcluir
  2. Usayu <3 menina, eu li esse post todinho e JURAVA que tinha comentado, oxi que absurdo!
    Achei a premissa muito boa, pena que, como você explicou, foi mal-aproveitada. É o típico "tinha tudo pra dar certo", mas não deu, HAHAHAHA! Só perdi onde estava a referência da linha de bonecas na historia, mas eu sou toda perdida nessas coisas meso, então é.
    Achei sua resenha muito boa, justamente por ser honesta. O propósito das resenhas, na verdade, deveria ser esse: que a gente lesse e julgasse se vale a pena ver/ler/jogar/fazer aquilo ou não. Afinal, se for fazer resenha só pra elogiar, não é resenha, HAHAHA XD
    beijinhos :*
    Shana | Hishoku

    ResponderExcluir